Home Brasil Meio Ambiênte Presidente da Petrobras volta a falar em aumento da gasolina

postheadericon Presidente da Petrobras volta a falar em aumento da gasolina

O presidente da Petrobras, Sergio Gabrielli, voltou a afirmar que, caso o preço do barril de petróleo se estabilize em patamares altos como o atual, a Petrobras terá que aumentar os preços da gasolina. A estatal fez seu planejamento para este ano usando como base cenários em que a cotação do barril de petróleo variaria entre US$ 65 e US$ 85, bem abaixo das cotações atuais ao redor de US$ 120.

 

Gabrielli afirmou, no entanto, que a volatilidade atual nos preços do petróleo não recomenda reajustes e que é preciso esperar até que as cotações alcancem um patamar menos instável para que uma decisão sobre preços seja tomada. Semana passada, o executivo já havia alertado sobre a necessidade de aumento nos preços do combustível, mas o reajuste foi negado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.

- Temos que observar para ver o que a Petrobras vai fazer e atravessamos muita volatilidade para tomar qualquer decisão agora. Mas se os preços ficarem estáveis nos patamares atuais, então vamos ter que alterar os preços - afirmou.

Enquete
O que você achou do novo site?
 
Banner

Assine nossos informativos eletrônicos gratuitos.


Nome:

Email:

 
 
 
 
 
 
  • Advertisement
  • Advertisement