Home São Paulo Maníaco de Guarulhos é condenado a 18 anos de prisão, diz TJ-SP

postheadericon Maníaco de Guarulhos é condenado a 18 anos de prisão, diz TJ-SP

Leandro Basílio Rodrigues, de 23 anos e que ficou conhecido como o “Maníaco de Guarulhos”, foi julgado e condenado nesta terça-feira (18) a 18 anos de prisão pela morte de Gisele Cabral de Souza, de acordo com informações do Tribunal de Justiça de São Paulo.
O crime teria sido praticado em agosto de 2008, em Guarulhos, na Grande São Paulo. A vítima foi atacada no estacionamento de um estádio esportivo. Ela foi asfixiada até a morte. O julgamento foi presidido pelo juiz da Vara do Júri de Guarulhos, Leandro Jorge Bittencourt Cano.

Na sentença, o juiz considera que "a culpabilidade está comprovada e afere-se gravíssima”. Leandro Cano argumenta ainda que o acusado “não demonstrou arrependimento, pelo contrário, afirmou categoricamente que, caso fosse solto, mataria de novo”.
 
O Maníaco de Guarulhos foi denunciado à Justiça pelo Ministério Público na Grande São Paulo em março de 2011 pelos assassinatos de quatro mulheres cometidos na cidade entre 2007 e 2008.
 
O acusado já está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba, no interior de São Paulo, desde 2008 por causa do homicídio de Gisele Cabral de Souza em Guarulhos. De acordo com a Promotoria, ao todo Leandro pode ter matado nove mulheres, cinco em Guarulhos, duas no Rio de Janeiro e mais duas em Belo Horizonte.
 
Ele responde ainda por mais 13 crimes, como tráfico, roubo e estupro. Apesar disso, ele ainda não foi julgado por nenhum desses crimes porque sua defesa entrou com recursos contra algumas decisões que ainda não foram analisados.
 
Enquete
O que você achou do novo site?
 
Banner

Assine nossos informativos eletrônicos gratuitos.


Nome:

Email:

 
 
 
 
 
 
  • Advertisement
  • Advertisement