Home Guarulhos Cidade Linha 2-Verde: obras virão 8 anos após anúncio e deixam Guarulhos de fora

postheadericon Linha 2-Verde: obras virão 8 anos após anúncio e deixam Guarulhos de fora

  A expansão da Linha 2-Verde do Metrô de São Paulo anunciada ontem pelo governador do estado, João Doria (PSDB), exclui estações em Guarulhos prometidas pelo então governador Geraldo Alckmin (PSDB) em 2012. No cronograma de agora, as obras deverão começar em 2020 - oito anos após a extensão ter sido anunciada. Inicialmente, o governo paulista falava em mais 13 estações em 13,5 quilômetros. Os planos divulgados ontem revelam corte de cinco estações e de 5 quilômetros no novo trecho.

Linha 2-Verde:
hoje Vila Madalena Sumaré Clínicas Consolação Trianon-Masp Brigadeiro Paraíso Ana Rosa Chácara Klabin Santos-Imigrantes Alto do Ipiranga Sacomã Tamanduateí Vila Prudente.

As estações anunciadas por Doria 
Orfanato Água Rasa Anália Franco Vila Formosa Guilherme Giorgi Nova Manchester Aricanduva Penha.

Estações mencionadas em planos anteriores, mas não agora 
Penha de França Tiquatira Paulo Freire Ponte Grande (Guarulhos) Dutra (Guarulhos).

Histórico A linha 2-
Verde foi inaugurada, apesar do nome, após as Linhas 1-Azul e 3-Vermelha, em 1991, no trecho entre Paraíso e Consolação. Trechos adicionais foram sendo entregues na década de 1990 e nos anos 2000 - as últimas inauguradas, Vila Prudente e Tamanduateí, abriram as portas em 2010. Desde então, os governos tucanos anunciaram intenções de levar a linha para fora dos limites da cidade de São Paulo: Alckmin anunciou, em outubro de 2012, edital para construir mais 12 estações, da Vila Prudente até a Via Dutra, em Guarulhos, com 13,5 km de extensão. Em abril de 2014, o governo do estado publicou o edital da obra com uma estação a mais e previsão de 14,4 km de extensão. Terrenos começaram a ser desapropriados. A expectativa era de que as obras se iniciassem no final do 2º semestre de 2014

No início de 2016, Alckmin suspendeu o início das obras por um ano. A alegação foi o ajuste fiscal da União, com prioridade para obras que já estavam em andamento.

Novos prazos
Com os trechos anunciados pelo governo Doria, a previsão é de que a Linha 2-Verde tenha 23 quilômetros e 22 estações. O governo não divulgou data de abertura das novas paradas. Segundo a gestão, o investimento será de R$ 5,5 bilhões para a elaboração dos projetos, desapropriações e execução das obras civis do trecho entre Vila Prudente e Penha. Parte deste valor já foi utilizado na desapropriação de 96,5% dos 226 imóveis necessários para a obra. Fonte: UOL.

Banner

Assine nossos informativos eletrônicos gratuitos.


Nome:

Email:

 
 
 
 
 
 
  • Advertisement
  • Advertisement
  • Advertisement