Home Guarulhos Saúde

postheadericon Saúde

postheadericon Restaurante Popular I vai servir caldos e sopas no pão italiano por R$ 0,50

A Coordenadoria do Fundo Social de Solidariedade, por meio do Restaurante Popular I, neste inverno vai servir,  de 22 de junho até o dia 19  de setembro, das 17h30 às 18h30,  caldos e sopas à base de legumes e carnes de frango no pão italiano por R$ 0,50. 
De acordo com a coordenadora do Programa de Segurança Alimentar da Coordenadoria, Márcia Seminaldo, a sopa é um alimento completo, rico em nutrientes, e os pães são um complemento com carboidratos que proporcionam energia, o que torna o alimento muito adequado para esta época do ano. A previsão é de que sejam servidas diariamente 100 refeições. “Este mesmo cardápio é oferecido no comércio com preços que variam de R$ 10 a R$ 20”, disse
Para garantir a qualidade dos alimentos, as nutricionistas da unidade realizarão a supervisão e o monitoramento dos cardápios balanceados e variados. Entre os ingredientes serão incluídos carne de frango, legumes e leguminosas (grãos, lentilhas e feijão). Os pães serão produzidos pelos professores do curso de Panificação Industrial, da própria Coordenadoria.
O Restaurante Popular I, no Macedo, oferece diariamente em torno de novecentas refeições completas por R$ 1. Atende moradores de rua, pessoas desempregadas, trabalhadores, estudantes de baixa renda, idosos e crianças. Funciona de segunda a sexta-feira. No período da manhã, das 7 às 7h30, oferece gratuitamente café-da-manhã e, a partir das 11 horas, o almoço.
Serviço
O Restaurante Popular I  fica na  av. Monteiro Lobato, 518, Macedo.
 

postheadericon Mais de cem mil crianças deverão ser vacinadas contra a pólio neste sábado

A Prefeitura de Guarulhos quer implantar uma nova agulha de acesso à pista Rio-SP da rodovia Presidente Dutra, na altura do viaduto Aniello Pratici. A nova entrada, que sairá das proximidades da rua José Bernardo de Medeiros, deve melhorar a fluidez do tráfego no local.

O projeto funcional foi feito pela Secretaria de Transportes e Trânsito; o próximo passo é a elaboração de um projeto executivo pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos. Porém, a aprovação da alteração sugerida pela Prefeitura depende de aprovação da Concessionária NovaDutra, que administra a rodovia.

“A alternativa é totalmente viável, basta a NovaDutra aprovar”, defende o secretário de Obras e Serviços Públicos, João Marques Luiz Neto. Segundo ele, a proposta de implantação do novo acesso visa diminuir os congestionamentos em uma das principais saídas da cidade. “É importante que os complexos Aniello Pratici e Paulo Faccini se comuniquem com a Via Dutra com saídas independentes”, explica.

João Marques observa ainda que o Viaduto Cidade de Guarulhos, que sai da avenida Paulo Faccini, está localizado exatamente em um ponto em que a rodovia está incompleta. “Várias soluções para o tráfego no trecho se resolveriam com a implantação, pela concessionária, de vias locais, marginais e expressas nos dois sentidos da rodovia”, observa.

postheadericon Clínica onde mulher morreu após lipoaspiração é fechada em Guarulhos

Mulher de 29 anos morreu na sexta-feira (12).
Clínica disse que pagará indenização se for responsabilizada pela morte.

 Uma policlínica em Guarulhos, na Grande São Paulo, foi fechada pela Vigilância Sanitária, após uma dona de casa de 29 anos morrer, na tarde de sexta-feira (12), depois de ter feito uma cirurgia de microlipoaspiração no local.

Segundo a Vigilância Sanitária, a clínica não tem permissão para realizar cirurgias. O alvará que autorizava apenas atendimento clínico no local também não tinha sido renovado. A policlínica foi autuada duas vezes este ano, por ampliar a instalações sem atender as exigências sanitárias.

A defesa dos proprietários da policlínica disse que a família da mulher morta será indenizada se for comprovada a responsabilidade dos profissionais de saúde na morte.

saiba mais
Conselho de Medicina investiga morte de mulher em clínica estética em Guarulhos Mulher morre após fazer lipoaspiração em clínica de estética em SP
Parentes da dona de casa irão entrar com uma ação pedindo o fechamento da clínica. A informação foi confirmada na manhã da segunda-feira (15) pela assessoria do vereador Unaldo Santos (PSB), da Câmara Municipal de Guarulhos. O vereador é primo da dona de casa.

A polícia informou que, minutos depois de ser levada para a sala de repouso, após o procedimento cirúrgico, a mulher apresentou complicações. Ela chegou a retornar à sala de cirurgia, mas não resistiu. À polícia, os médicos disseram que a dona de casa sofreu uma parada cardíaca e que não foi possível reanimá-la, mesmo com várias tentativas.

Na manhã desta segunda, o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp-SP) informou que abriu sindicância para investigar a morte da dona de casa. Com a abertura da sindicância, começa uma tramitação que, caso encontre algum indício de erro médico, pode terminar com cinco tipos de penalidades que vão desde uma advertência confidencial até a cassação da licença do médico responsável pelo procedimento cirúrgico.

 

 

 

Banner

Assine nossos informativos eletrônicos gratuitos.


Nome:

Email:

 
 
 
 
 
 
  • Advertisement
  • Advertisement
  • Advertisement