postheadericon Ipem-SP verifica balança rodoviária em Guarulhos

O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo, vinculada à Secretaria da Justiça, e órgão delegado do Inmetro, realizou na quarta-feira, 24 de junho, a verificação de uma balança rodoviária instalada na Prefeitura de Guarulhos, na Estrada Dona Ana Diniz, s/nº, cidade da Região metropolitana de São Paulo.

As balanças rodoviárias são equipamentos utilizados por empresas de diversos segmentos para medir de forma adequada o peso de grandes cargas, e na determinação da massa para o cálculo de pedágio, tarifa, imposto, remuneração, subsídio, taxa ou um tipo similar de pagamento.

 

De acordo com a regulamentação do Inmetro, todas as balanças utilizadas para transações comerciais devem cumprir determinadas exigências. Esses requisitos garantem que nenhuma das partes envolvidas tenha prejuízo na compra ou venda de um produto medido pelo peso.

 

A fiscalização das balanças é feita anualmente pelas equipes do Ipem-SP para verificação de diversos pontos como: nivelamento, a superfície na qual a balança está instalada dever ser plana e resistente; presença do selo de verificação e de placa de identificação com informações sobre o fabricante, modelo, carga máxima e mínima, entre outros.

 

A ação foi realizada pela equipe de fiscalização da regional do instituto na zona sul da capital.

 

Ipem-SP

 

O Ipem-SP é uma autarquia vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania do Governo do Estado de São Paulo e órgão delegado do Inmetro. Com uma equipe de fiscalização formada por especialistas e técnicos, realiza diariamente, em todo o Estado de São Paulo, operações de fiscalizações rotineiras em balanças, bombas de combustíveis, medidores de pressão arterial, taxímetros, radares, capacetes de motociclistas, preservativos, cadeiras de carro para crianças, peças de roupa, cama, mesa e banho, botijões de gás, entre outros materiais. É seu papel também proteger o consumidor para que este leve para casa a quantidade exata de produto pela qual pagou. Quem desconfiar ou encontrar irregularidades pode recorrer ao serviço da Ouvidoria, pelo telefone 0800 013 05 22, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou enviar e-mail para:  Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. .